Peelings Químicos

Aplicação de ácidos (agentes químicos) na pele com diversas finalidades com o intuito de promover renovação celular e estimulação de colágeno. É um procedimento médico onde o paciente será avaliado previamente para determinar qual o melhor tipo de ácido a ser utilizado e qual a intensidade do tratamento.

Os peelings químicos podem ser superficiais, médios e profundos. O médico pode indicar diversos peelings superficiais seriados em pequenos intervalos, um peeling médio ou um peeling mais profundo, conforme a condição clínica do paciente. O peeling profundo requer da paciente cuidados especiais e é realizado sob sedação. Dependendo do tipo de peeling realizado a paciente pode apresentar determinadas alterações na pele tais como descamação, vermelhidão (eritema), crostas e outras alterações que serão sempre acompanhadas pelo médico e explicadas previamente antes de iniciar o tratamento.

Conforme o peeling realizado a paciente deve preparar a pele previamente por um período de 15 a 30 dias e receber uma tratamento pós-peeling para obter melhores resultados e prevenir intercorrências como pigmentação pós-peeling e outras.

Indicação:

  • Melhorar a textura da pele
  • Clarear manchas
  • Atenuar rugas
  • Melhorar a flacidez por estimular a renovação do colágeno
  • Tratar cicatrizes
  • Tratamento Ceratoses solar/ Efélides (sardas)
  • Olheiras
  • Rejuvenescimento facial

Voltar